Sobre sucesso da noite para o dia e concursos • Sem desistir
julho 27, 2016

Sobre sucesso da noite para o dia e concursos

“Como toda história de sucesso da noite para o dia, a minha levou 30 anos.”

Sam Walton, fundador do Walmart.

“Se você olhar atentamente, a maior parte dos sucessos relâmpagos levaram muito tempo.”

Steve Jobs

Se você está falhando é porque você está tentando. Não existe sucesso do dia para a noite.

 Nos concursos, não poderia ser diferente.

Este post é para você que está se perguntando, mais uma vez, por que não foi dessa vez ou o que você tem feito de errado que não está tendo resultados.

É muito fácil eu chegar e divulgar que passei em tal e tal e tal concursos, mas pouca gente sabe o que eu tive que abrir mão pra chegar até aqui. Eu sempre fui de fazer muitas provas e, portanto, ainda maior do que minha lista de aprovações é a minha lista de reprovações, acredite.

Sim, eu não passei de primeira. Não foi “do nada” que eu estava na fase de colecionar uma reprovação após a outra, duvidando de mim mesma, dos meus métodos, da minha inteligência, para uma fase de colher uma aprovação após a outra. Nesse ponto, é bom lembrar que nem todos possuem a mesma trajetória de sucesso e que aqui eu conto a minha história para ajudar outras pessoas a construírem suas próprias, porque eu já estive nesse lugar e sei o quanto a gente se sente perdido. 

Já reprovei bastante e sei exatamente a sensação de esperar resultados melhores e achar que vai ser diferente e ver o mesmo filme de novo. A verdade é que eu esperava que a aprovação viesse fácil, mas pra mim ela não veio. Depois de quebrar a cara várias vezes, eu aceitei que não existia caminho fácil e que eu ia ter que batalhar bastante para chegar onde queria. Nesse momento eu decidi que eu ia fazer o que fosse preciso até a minha posse, sem desistir. 

Quando eu aceitei que ia ter que ter muito trabalho duro, estabeleci um foco e passei a estudar exclusivamente para provas de procuradorias, selecionando melhor as provas que ia prestar. Foi preciso muita organização e disciplina, mas quando realmente dei 100% de mim e senti que estava fazendo o meu melhor, eu comecei a colher os frutos e a partir daí tudo ficou mais tranquilo.

A verdade é que eu sempre soube que durante todo o tempo que fiquei decepcionada com as reprovações eu estava longe de dar o meu melhor. Como eu disse, eu queria passar sem ter que ter todo esse esforço que eu sabia que era capaz de empenhar, mas não rolou.

Pode parecer conversa fiada ou sem sentido para você, mas para mim a diferença entre quem aproveita bem o seu estudo e quem está apenas cumprindo tabela está na energia e foco que cada um dá. Você já estudou tanto que esqueceu da hora? Que esqueceu de comer? Quando você chega naquele estado de “flow”, tudo parece fazer mais sentido e o estudo não fica tão penoso. Nessas horas, que não eram muitas, eu sentia que estava fazendo o meu melhor e me sentia bem com isso. [obs: não estou estimulando ninguém a estudar várias horas seguidas. No meu cronograma sempre tive pausas após no máximo 1h30 de estudo e eram raros os dias que eu conseguia fazer mais de 9 horas de estudo, mesmo me dedicando 100% aos estudos.]

Mas eu sei também que não foi um passe de mágica que bastou “foco” para eu colher resultados. Sempre falo que fiz uma faculdade boa. Eu nunca estudei para concursos na faculdade, mas estudei bastante para a imensa maioria das provas. Assim, formei uma boa base jurídica, apesar de sair da faculdade achando que não sabia de nada. Essa base faz uma grande diferença para começar a rever todas as matérias e entender temas mais complexos. 

Sei também que apesar do meu estudo extremamente fraco e defasado para as provas nas quais fui reprovada, e mesmo nas quais fui aprovada em uma classificação bem ruim, ele, sem dúvida, foi somando de pouquinho em pouquinho para a construção de uma base e fui ganhando experiência em concursos, o que também contribuiu para as minhas aprovações. 

Em suma, este post foi apenas para que você pudesse ver que nem todos que passam são gênios ou conseguem as coisas mais fáceis do que você. Cada pessoa possui suas próprias batalhas, dúvidas e medos. Apesar de existirem histórias de quem alcançou a aprovação de maneira “simples” ou “rápida”, a maioria dos aprovados batalhou bastante para chegar lá e colecionou, pelo menos, algumas reprovações. E as minhas fazem parte da minha trajetória e me fizeram criar esse blog para tentar ajudar outras pessoas a conseguirem permanecer na luta pelo seus sonhos.

Seja mais forte do que sua melhor desculpa. 

 

 

 

 

 

 

Comments

comments


Comente via Facebook

Comente no blog

5 Respostas para "Sobre sucesso da noite para o dia e concursos"

Bruna Daronch - 28, julho 2016 às (13:42)

Que lindo!!!! Me identifiquei com a tua trajetória. A diferença é que estudava para DPU e resolvi fazer a AGU para testar os conhecimentos. Quando percebi, estava dando certo e aí tive que mudar de foco durante este 01 ano desse dramático concurso da AGU (hahaha). Além de uma faculdade bem feita, dediquei-me 02 anos e 06 meses exclusivamente para concursos. Aí veio o dia da primeira grande aprovação na prova oral da AGU (que alegria!!!!!). A nomeação pode demorar um pouco mais, mas enquanto isso: permanecerei estudando #atéaposse. Afinal, aprendi contigo que essa batalha de concursos é um caminho que o lema é um só: #semdesistir. Obs: Acho que estávamos no mesmo turno da prova oral 🙂 Beijos e tudo de bom para ti!

Responder


Sem Desistir - julho 28th, 2016 às2:01 pm respondeu:

Bruna, obrigada por compartilhar um pouquinho da sua história aqui também 🙂
Sim, fizemos prova no mesmo turno e nos falamos lá fora quando terminamos. Eu vi sua carinha de alívio por ter terminado e poder conhecer Brasília hahaha Parabéns pela aprovação!!
Desejo muito sucesso pra você nessa nova fase e força para continuar estudando para a DPU!
Agora somos futuras colegas de AGU! Beijos

Responder

Marina - 03, agosto 2016 às (15:42)

Amando acompanhar cada vez mais suas postagens, que são sempre muito coerentes e sinceras!

Adorei o texto!

Responder


Sem Desistir - agosto 3rd, 2016 às6:01 pm respondeu:

Muito obrigada, Marina!

Responder

Valéria - 25, agosto 2016 às (01:59)

Que post maravilhoso. Fazia tempo que não vinha aqui! Adoro seu blog. Queria pedir um post sobre o que você mudou na rotina que te fez pensar: agora estou dando 100% de mim.

Responder

Sem desistir • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por