Como passei na 2ª fase da PGE • Sem desistir
outubro 02, 2015

Como passei na 2ª fase da PGE

darts-856367_640Quando saiu o gabarito provisório da primeira fase já era praticamente certo que eu passaria para a 2 fase. Diante do resultado só me pensei em uma coisa: vou estudar para essa segunda fase como se fosse a última prova de concurso da minha vida.

Eu nunca havia estudado para uma segunda fase antes e isso me deixava muito insegura, pois eu pensava que a maioria das pessoas já tinha experiência e que eu sempre estaria em desvantagem. Sem saber por onde começar, estabeleci algumas metas que consistiam basicamente em esgotar todo o conteúdo do edital de todas as disciplinas da 2 fase (aqui não caia mais trabalho, processo do trabalho nem ambiental). Meus estudos começaram ainda em dezembro com toda força.

gráfico 2 fase

Assim, comecei treinando fazendo 2 questões discursivas por dia, escrevendo a mão, cronometrando o tempo, sem consulta, simulando realmente a prova. Ou seja, durante pelo menos 40 dias eu acordava e tirava uma hora do meu dia para simular duas questões da prova, isso me ajudou demais a perder o medo da prova e a saber administrar meu tempo. Também fiz dois simulados em casa com o mesmo número de questões, no mesmo espaço de tempo, sempre a mão, sem consulta e sem interrupções, tal como na prova. Nas minhas correções, as notas eram geralmente mais baixas do que eu esperava. Não criei grandes expectativas para a prova, pois afinal era minha primeira segunda fase. Meus erros no treino me ajudaram a identificar o que fazer e o que não fazer, bem como o que era imprescindível no espelho da questão.

Fora as questões que eram corrigidas, eu estudei muitas questões discursivas de provas anteriores para concurso de Procurador do Estado. Ao longo do meu estudo percebi que precisava adaptar um pouco minhas metas. Eu estava focada em esgotar a doutrina, mas havia deixado de lado a jurisprudência. Com mais conhecimento sobre como funcionavam as provas de segunda fase revi meu planejamento para estudar todos os informativos do STJ e STF de 2014 de todas as matérias da minha segunda fase. Esse estudo foi muito importante para mim para todas a provas que fiz depois disso e não apenas para essa segunda fase.

Nessa preparação para segunda fase também segui meu próprio planejamento, pois apesar de um dos cursos fornecer um planejamento para os alunos este não era individualizado, assim não considerava meus pontos fortes e fracos, nem minhas deficiências anteriores. Então, segui um planejamento montado por mim mesma considerando todas as minhas particularidades.

Para esclarecer algumas coisas, eu continuei com a atividade física pelo menos 3 vezes na semana até a semana anterior a prova. Foi um período de muito foco e apesar de estudar todos os fins de semana também saia para o cinema, para jantar e coisas leves. Também aproveitei um dia do carnaval antes da prova porque ninguém é de ferro e a gente tem que saber balancear as coisas.

Chegando a prova eu sabia que estava preparada, havia feito minha parte e me esforçado ao máximo. Realmente, eu estava tranquila ATÉ QUE sublinhei o enunciado da questão na folha de resposta. Todas as folhas de resposta que eu tinha visto até então não repetiam as perguntas e eu não me atentei para esse fato. Foi apenas um risco embaixo de uma palavra na primeira questão, mas que abalou meu psicológico para toda a prova. Pode parecer uma besteira mas eu acreditei realmente que seria desclassificada por isso e fiquei muito triste. Mas pensei: já cheguei até aqui, vou fazer nem que seja como um simulado como os outros. Enfim, fiz a prova muito tensa, mas depois que saí vi que várias outras pessoas haviam feito o mesmo de sublinhar o enunciado e estavam tranquilas. Resultado: obtive uma nota bem na média nesta fase, o que dada as circunstâncias não foi tão ruim, mas me fez cair muitas posições.

Continuo a história deste concurso com a preparação para a 3 fase em um próximo post.

Comments

comments


Comente via Facebook

Comente no blog

7 Respostas para "Como passei na 2ª fase da PGE"

renata - 02, outubro 2015 às (17:20)

Estou adorando seu Site. É bastante animador ver alguém que passou pela dificuldade de ser concurseiro e alcançou o sonhado cargo. Obrigada pelas palavras de incentivo! !!

Responder

Dasa - 02, outubro 2015 às (18:54)

Estou adorando seus relatos! Muito obrigado por compartilhar suas experiências conosco. Aguardo ansiosamente pelo próximo post! Conte-nos sobre os ambientes dês estudo, dicas de estudo, etc.

Responder

Kinha - 03, outubro 2015 às (07:08)

Seus relatos ajudam muito. Tbm passei a focar em procuradoria, farei a primeira prova na semana que vem. Antes só tentava tribunal mas vi que o tempo que estudaria p passar p analista de trt seria quase o mesmo p focar no concurso que almejo:Agu. Suas experiências colaboram mt pq n tem como, n se sentir perdida em alguns momentos dessa camihada de concurseira.

Responder


@semdesistir - outubro 3rd, 2015 às5:15 pm respondeu:

É verdade, Kinha. A caminhada é difícil, mas com planejamento e disciplina é possível alcançar nossos objetivos. Bons estudos e boa prova domingo que vem!

Responder

Concurseira - 03, outubro 2015 às (15:11)

Oi, gostei muito do seu blog! Já estou esperando mais postagens! Queria saber qual foi esse curso pra 2a fase que vc fez. Bjos

Responder

Medeiros - 16, dezembro 2015 às (23:10)

Olá, gostaria de saber se esse foco nos informativos que você deu foi pelo dizer o direito. Se sim, versão completa ou resumida? (To na 2 fase p/ au e pfn e meio perdido)

Responder


@semdesistir - dezembro 17th, 2015 às7:28 am respondeu:

Li em ordem pelo site Dizer o Direito versão completa, procurando aprofundar alguns temas que julgava mais importante. Para a PFN especificamente, acredito que o Dizer o Direito é insuficiente em tributário.

Responder

Sem desistir • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por